17/02/2017

[Resenha] Simplesmente o Paraíso – Julia Quinn

Oiiii Amores!

Estou aqui quebrando a cabeça pra descrever qual o status da blogueira depois de ler essa lindeza que é Simplesmente o Paraíso. Pensei em “Super apaixonada pelo Marcus”, mas esse é muito #pirigueteLiterária, “Caindo de amores pelo Marcus” também deixa muito na cara que eu babei pelo Marcus desde o início, então vou ficar com esse aqui mesmo:

Status da blogueira:Querendo guardar o Marcus em um potinho pra sempre!”.

Tá bom, eu sei que os três status são iguais… Mas além de ter comigo palhacitos 😅 hoje e (de ter amado o Marcus) queria que vocês soubessem de cara o que achei do livro. Ah, é mesmo! Tenho que falar pra vocês um pouco sobre a história! Vocês vão amar isso.

Então, sigam-me as que querem conhecer (e as que já amam) o Marcus!

Simplesmente o paraíso pt

Estou tão apaixonada por esse livro que coloquei meu figurante mais querido nas fotos.

Descrição
Honoria Smythe-Smith é parte do famoso quarteto musical Smythe-Smith, embora não se engane e saiba que o dito quarteto carece sequer do menor sentido musical e tem esperanças postas que esta seja a última vez que se submeta a semelhante humilhação. Esta será sua temporada e com um pouco de sorte conseguirá um marido.
Durante um jantar, põe seus olhos em Gregory Bridgerton, um dos mais jovens da família Bridgerton. Sabe que não está apaixonada, mas ele parece uma opção mais que válida.

Marcus Holroyd é o melhor amigo do irmão de Honoria, Daniel, que vive exilado na Italia. Ele prometeu olhar por ela e leva suas responsabilidades muito seriamente. Odeia Londres e durante toda a temporada, permaneceu vigilante e intermediou quando acreditava que o pretendente não era o adequado. Honoria e Marcus compartilham uma amizade, pouco atípica, fruto dos anos que se conhecem e que o torna parte da família.
Entretanto, um desafortunado acidente faz que ambos repensem sua relação e encontrem a maneira de confrontar o que surge entre eles, se tiverem coragem suficiente.

Sabem o que acabou sendo mais engraçado nisso tudo? Vi em alguns grupos literários no Facebook que as meninas diziam a mesma coisa, todas estavam apaixonadas pelo Marcus. Inclusive a Renata, do blog Uma Leitura a Mais, também me disse que estava caindo de amores por ele. Acho que Marcus se tornou preferencia nacional.

Mas antes de contar o que fez eu (e todo mundo que leu) me apaixonar tanto por ele, deixa eu falar um pouco sobre a história em si. Quem é fã da diva Julia Quinn já conhece os Smythe-Smiths, de longa data, como a família que fazia toda a nobreza de Londres sofrer anualmente com o concerto das desafinadas jovens solteiras.

Não lembro quantas vezes esse recital apareceu #blogueiraDory na série Os Bridgertons, mas foi mais de uma, e preciso admitir que nunca prestei muita atenção ao nome das jovens. Estava sempre muito mais interessada no que acontecia na platéia, tanto que só lembro mesmo da apresentação do quarteto no livro 7, o da Hyacinth (Um Beijo Inesquecível, tem resenha sobre ele AQUI).

Simplesmente o paraíso pt

A única coisa que eu me perguntava durante as apresentações era porque a própria família não percebia o quão ruins as jovens eram. Aí, aqui em Simplesmente o Paraíso, a gente começa a entender que essa tradição de música ruim é mais do que só exibir as jovens que não tem nenhum talento musical. E quem nos faz ver isso é a linda Honoria.

Inclinou-se para a frente, tomou o rosto dela entre as mãos e capturou sua boca em um beijo apaixonado. Honoria se sentiu arder, então derreter e quase evaporar. Teve que se controlar para não rir alto de tanta alegria e se ergueu na ponta dos pés para tentar chegar mais perto.

Honoria é uma péssima violinista e sabe disso. Mesmo assim, ela tem orgulho em participar das apresentações da família. Esse é o traço mais forte de personalidade da nossa heroína, ela preza a família e as tradições acima de tudo. E ela tem uma família beeeem grande.

Marcus Holroyd era um ótimo partido.

Não que ele fosse muito bonito, porque não era… não exatamente. Os cabelos tinham uma bela cor escura, os olhos também, mas havia algo em seu rosto que Honoria achava bruto.

Exatamente o que Marcus não tem. Ele cresceu cercado de tutores, mas como não tinha irmãos, sua infância foi solitária e sem amigos. Isso só mudou quando ele foi para o colégio Eton, onde conheceu Daniel Smythe-Smith, irmão de Honoria, e logo se tornaram amigos. Daniel tem tudo que Marcus pensa não ter, pois Daniel é um menino de sorriso fácil e extrovertido. Tanto que parte dele a iniciativa de começarem uma amizade. Eles acabam crescendo juntos e, por Marcus não ter família, ele acaba passando mais tempo na casa dos Smythe-Smiths do que em sua própria.

Simplesmente o paraíso pt

Destaque para o marcador de página que veio no box.

O que faz também com que Honoria e Marcus cresçam juntos. Mas não, aqui não vamos ter uma história de amor de infância, desculpem por acabar com os sonhos de vocês…. acabou com os meus, mas o que consola é que desde criança Marcus é adorável.

– Lorde Chatteris ja assistiu ao concerto?

– Ah, ele comparece todo ano. E senta-se na primeira fileira.

Era um santo, pensou Honoria. Ao menos por uma noite a cada ano.

E depois de adulto ele se torna um homem tão maravilhoso que é até difícil começar a explicar como me apaixonei por ele. Não, na verdade é fácil sim, comecei a cair de amores pelo Marcus ainda no prólogo, pois toca fundo na gente saber como ele era uma criança tão sozinha. Aí, meu amor foi crescendo junto com ele. Ele sempre foi um perfeito cavalheiro, mas quando adulto, se tornou um homem forte, decidido e o melhor, com um ótimo senso de humor. Apesar de não sorrir com facilidade e de todos terem meio que receio dele, meu coração bateu forte todas as vezes que ele apareceu. As cenas entre ele e Honoria também são adoráveis e deixam a gente suspirando de amores.

Precisava de um livro. E talvez de outra soneca. E de um pedaço de bolo. Não necessariamente nessa ordem.

Simplesmente o paraíso pt

Meus preciosos!

Aqui temos uma história leve, envolvente e muito divertida, na verdade. Peguei-me rindo alto em várias cenas e gritando de alegria quando meu Bridgerton preferido da vida, Colin, fez uma participação especial. Como não amar? Aliás, vários personagens antigos queridinhos nossos aparecem por aqui (dãaaa). O ano é 1824, então acho que o livro do Colin se passa em paralelo a esse aqui. Lindo demais.

Como alguns de vocês já sabem, sou muito fã da escrita da Julia Quinn, sua forma de apresentar os fatos e os cenários, a forma como ela consegue fazer o leitor sentir o que os personagens estão sentindo sempre me encantam. Peguei Simplesmente o Paraíso pra ler com muita empolgação e conforme a história ia avançando, comecei a ler mais devagar. Pois é, eu estava tão apaixonada pela história que não queria chegar ao final. #coisaDeLeitor

Odiava ser o centro da atenções, mas, por Deus, desejava ser o centro da atenção de Honoria.

Amores, essa história é maravilhosa e apaixonante do inicio ao fim e conseguiu um lugar muito especial no meu coração. Conseguiu também mudar completamente minha opinião sobre os Smythe-Smith que, pra mim, eram pessoas totalmente sem noção por quase “impor” à sociedade essa aberração anual que eles chamam de concerto. Agora sou tão fã dessa tradição familiar quanto um autentico Smythe-Smith. Ainda bem que pelos livros a gente não consegue ouvir o quarteto.

Simplesmente o paraíso pt

Simplesmente o Paraíso é o livro 1 da série Quarteto Smythe-Smith, da diva Julia Quinn. Se você estava ouvindo musica ruim (essa não foi legal, né?! 🙈) e perdeu o lançamento da série pela editora Arqueiro, clica AQUI que eu mostro o box maravilhoso que eles fizeram. Amor define!

Simplesmente o Paraíso

Quarteto Smythe-Smith, livro 1

Julia Quinn

Editora Arqueiro

Classificação: ★★★★★ (5)

Amores, tem Simplesmente o Paraíso sendo vendido separado do box também. Clica aqui pra ver:

Livraria da Travessa  Livraria Cultura
Livraria da Folha Submarino

Vamos fazer a boa ação do dia? Faça uma blogueira feliz e deixe um recadinho aqui em baixo.

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

6 Comentários

  1. Carolina Barreto says:

    Olá Jaque!!!

    Os Bridgentons ocupam lugar no meu coração, mas os Smythe-Smith vêm logo atrás! Quando li os três primeiros livros em e-book no ano passado nem imaginava que a Arqueiro ia lançar essas histórias com essas capas lindas e esse box maravilhoso! Tenho obrigação de informar que fui mais uma que caiu de amores pelo Marcus, e acho que isso se deve ao fato de que, nós leitoras de romances de épocas estamos acostumadas com mocinhos libertinos que se redimem ao encontrar a mocinhas, porém, Marcus é um perfeito cavalheiro desde o início, o que tornou o romance dele com a Honoria muito perfeito!!!

    Ansiosa pelas resenhas dos outros livros da série! BjoO

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii CaroLinda! (nunca mais escrevo seu nome certo! Amei escrever assim. #souDessas)
      Super concordo que é mesmo sua obrigação vir aqui e contar que você também é apaixonada pelo Marcus! Amei saber. Ah, e realmente esse é o “plus a mais” do Marcus, ele é um perfeito cavalheiro do inicio ao fim. Por isso que a gente não resistiu a ele…. não que eu tenha me feito de difícil nem nada #blogueiraFacinha. rsrsrs
      Obrigada pelo carinho, lindinha, semana sim semana não teremos quarteto Smythe-Smith por aqui.
      Bjos 1000!

  2. Michelly Gois says:

    Oi Jaque eu de novo kkk com certeza já está na minhas leituras de 2017 ja quero passar na frente de todos os outros e só de pensar que vou rever Colin ja estou toda assanhadinha kkkk

    Jaqueee mudando de assunto para outro tão bom quanto kkk
    Eu preciso necessito que vc leia e resenhe os livros “Por lugares incriveis” e “Sr. Daniels ” , foram livros q ficaram na minha estante por muito tempo que só de pensar sinto vontade de me estapiar kkk de verdade! Tenho certeza que estes 2 livros entraram nas minhas melhores leituras do ano, melhor ja entraram para as melhores leituras da vida! Engraçado que sempre penso em vc quando leio livros assim pois é um pecado vc ainda não ter lido, pelo menos não achei resenhas deles aqui! vc é tão sensivel e doce que chega ser injustiça nao compartilhar esse sentimento maravilhoso q senti quando terminei a leitura pensei preciso obriga la a ler kkk ,e impossivel não se apaixonar por eles e de uma sensibilidade e delicadeza que nos faz pensar e refletir em tantas coisas! vivemos em um mundo cheios de preconceitos e julgamentos e esquecemos o quanto isso pode afetar a vida do nosso proximo uma lição de vida! amo livros que tem a capacidade de rever nossos conceitos e querer lutar as lutas dos nossos amigos e amores e ate mesmo de pessoas q nem mesmo conhecemos e em como o amor pode salvar vidas , nos curar e nos faz ser uma melhor versão de nos mesma, os dois livros foram personagens que quis colocar num potinho e protege los! Por lugares incriveis eu fiquei dias com uma ressaca que nao conseguia me concetrar em nenhuma leitura tive q dar uma pausa para poder acalmar meu coração e dificil pra mim ate para falar dele pois so lendo pra sentir a tamanha sensibilidade no final da leitura era preciso eu parar e respirar e me deixou uma lição vou usar um trecho para minha resposta. ” O que percebo agora é, que o que importa nao é o que a gente leva, mais o que a gente deixa” #Finch meu amor literario da vida , e Sr Daniels vc le o livro do inicio ao fim com um nó na garganta sempre achava um olho em minha lagrima kkkk muita lindeza para um livro só! #SrDanielrs quero um pra mim.

    Vale apena cada pagina , espero algum dia ver resenhas deles aqui! Vc merece ler esses tesouros.

    Bjs Mi

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Michelly!
      E eu amo ver seu nome por aqui de novo! EEEEE!
      Poxa, achei tão lindo quando você disse que quando lê um livro especial pensa em mim, de verdade, estou aqui toda boba. Muito obrigada! Eu já tinha adicionado “Sr. Daniels” à minha lista de desejados, mas esse “Por Lugares Incríveis” eu acabei de adicionar só porque você falou, tá? Obrigada!
      Muito obrigada por me indicar esses livros com tanto carinho nesse comentário. Levo muito a sério as dicas das minhas leitoras amadas, então obrigada!
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário