16/12/2016

[Resenha] Um Caso Perdido – Colleen Hoover

Oiii Minhas pessoas mais lindas!

Antes de começar a escrever, “preciso de uma pausa de capítulo” aqui! (entendedores, entenderão…)

Que livro é esse, amores? Onde vocês me meteram? 😨 E sim, é culpa de vocês… já que, atendendo a pedidos das lindas que seguem aqui o nosso cantinho, foi que li Um Caso Perdido. Eu até já tinha o livro no iPad há algum tempo, mas ainda não o tinha colocado de fato na agenda de leitura.  Como vocês falaram tão bem dessa lindeza e algumas de vocês até pediram para eu resenhar (vocês são as melhores, sabiam?) não resisti.

Vamos juntos falar sobre mais uma história super intensa da nossa diva CoHo.

Sigam-me as abaladas psicologicamente por essa história!

Eu também amo estrelas!

Descrição
Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras…

Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.

Engraçado que, parando pra pensar aqui rapidamente na semana do blog nas redes sociais, só deu CoHo. Divulgaram que It Ends With Us (se você não conhece, clica AQUI) foi eleito melhor romance de 2016 pelo GoodReads e Confess (também falo sobre ele AQUI) vai virar uma série. Ufa, é a CoHo arrasando mundo afora.

Mas voltando aqui à vaca fria, agora que já tive minha “pausa de capítulo”, como a gente faz pra seguir em frente depois dessa história? #blogueiraSemChão

Sendo sincera com vocês, no inicio achei a história meio parada e não tive lá muita empatia pela Sky. Achei meio sem nexo as confissões dela, mas depois a amizade dela com Six com Breckin acabaram me fazendo gostar mais um pouco da nossa personagem. Xiii, pera aí, coloquei a carroça na frente dos burros… mas não sei por onde começar a falar sobre esse livro porque, na verdade, ele me deixou tão sem ação, tão sem ar que até pra por os pensamentos em ordem está complexo.

…porque já consigo perceber que não é o tipo de cara pelo qual uma garota tem uma simples quedinha. É o tipo de cara pelo qual a gente se apaixona loucamente, e isso me deixa apavorada.

Deixa eu começar de novo. Sky é uma adolescente que foi adotada por uma mulher muito doce, mas que detesta tecnologia. Ela estudou em casa a vida toda e tem contato limitado com outras pessoas. Sua única amiga é a vizinha, Six, que é uma figura. Six está sempre se envolvendo com um garoto diferente e sempre apresenta os amigos dos “peguetes” (desculpa, mas não sei como me referir a eles…) a Sky.

Então, mesmo não indo à escola, Sky já tem uma péssima fama por lá. Como ela está para se formar no ensino médio, consegue convencer a mãe a deixa-la frequentar a escola no último ano. O que é uma experiência um tanto interessante para uma adolescente que não tem televisão, celular e nem mesmo acessoa a internet.

– Vou lhe avisar uma coisa – diz ele baixinho. – Assim que meus lábios encostarem nos seus, vai ser, sim, seu primeiro beijo.

Sua vida começa a mudar quando ela encontra Holder (não só a dela…a minha também 😫). O encontro deles é um tanto inusitado, pois Holder confunde Sky com outra pessoa. Mesmo ela não sendo a pessoa que ele pensou, o universo acaba unindo os caminhos dele e Holder percebe que está mesmo muito interessado em Sky.

Uma das coisas que amo nos livros é que eles conseguem definir e condensar certos momentos da vida de um personagem em capítulos. É intrigante, pois na vida real é impossível fazer isso.

Dito isso, sabem quando eu comecei a gostar da história? Claro que foi quando Holder apareceu. Acabei me apaixonando por ele. Sério, amores, dessa vez mais do que só um crush. Não consigo nem me referir a ele dessa forma. Tá… sei que vocês que seguem o blog já devem estar cansadas dessa minha mania de me apaixonar tão profundamente pelos personagens, mas Holder é mais do que um simples personagem. Aqui não é só mais um caso de #piriguetagemLiterária, estou mesmo apaixonada por ele.

Nos livros da CoHo, os personagens sempre são muito reais, principalmente os homens. Eles são decididos e responsáveis e isso faz com que a história toque a gente. E aqui não foi diferente, me senti tocada assim que conheci Holder. Ele tem uma intensidade que fez meu coração palpitar. Mesmo sendo jovem, Holder tem muita culpa na consciência e talvez por isso, ele não se comporte como um adolescente. Ele sabe o que quer, é decidido e maduro. Essa atitude em um personagem é tiro e queda em mim. “Gamo” (olha a referência) na hora.

Minha falta de acesso ao mundo real foi totalmente substituída por livros, e não seve ser muito saudável viver na terra dos finais felizes.

Conforme vamos adentrando na história e descobrindo os segredos, mais um aspecto dela me encantou. Acabamos esbarrando em um dos temas que eu mais amo na vida, o amor que vence o tempo (amo tanto esse tema que criei uma TAG pra ele aqui no blog. Clica AQUI pra ver outros livros do mesmo tema lindo). Foi aí que o livro aprisionou meu coração pra sempre. Eu não tinha ideia de que essa história tinha a ver com esse tema e foi uma surpresa mais do que maravilhosa.

Mas é gostoso, porque já ficamos de mãos dadas antes, mas não demos os dedos mindinhos… e percebo que foi mais uma primeira vez.

A brincadeira com a palavra “Hopeless” também foi uma sacada incrível da autora. Por sorte, a tradução conseguiu contornar essa diferença entre as línguas, muitos parabéns para a editora Galera e para a tradutora Priscila Catão (é a primeira vez que elogio uma tradução, olhem só! 😊). Mas pensar em como essa palavrinha é tão importante na história, tem tanto sentido e quer dizer tanto, chega a me emocionar. Olha a vontade de tatuar “Hopeless” no braço também….

– Passei a vida inteira procurando você.

Para coroar esse livro lindo, temos toda uma carga emocional por trás de tudo. Entender todos os sentimentos e traumas dos personagens e ver como eles reagem a tanto sofrimento tocou fundo em mim. Entendo agora porque tantos de vocês, pessoas lindas, queriam que eu lesse essa lindeza aqui. Obrigada por me darem uma ressaca literária de dias e olhos inchados de tanto chorar. #karma

Independentemente do que acontecer conosco nessa vida, esse momento acabou de unir nossas almas.

Sei que quando pego um livro da CoHo vou me envolver em uma “história real demais, com personagens reais demais” (já usei essa frase em outra resenha da mesma autora) e, mesmo me preparando psicologicamente pra isso, não consegui preparar meu coração. Acredito que a intensidade dos acontecimentos e o peso da história em si  acabam tocando todos os leitores, inevitavelmente. Então claro que chorei, torci e fiquei sedenta por informações durante toda a leitura.

Ah, repararam em como os capítulos foram dispostos de forma diferente? Mais um tipo CoHo de contar uma história. Adorei!

Como falei lá em cima, estou tão apaixonada por Holder que tive uma síncope quando descobri que temos mais um livro e que esse livro é narrado por ele. Já sabem que comprei e estou devorando desesperadamente, né? Pior, já estou sofrendo porque esse segundo livro também vai acabar e não vou saber o que fazer com a minha vida depois dele.

Um Caso Perdido

Hopeless, livro 1

Colleen Hoover

Editora Galera Record

Classificação: ★★★★★ (5)

Quer se emocionar com essa lindeza também? Tem em promoção aqui:

 

Livraria da Travessa  Livraria Cultura
Livraria da Folha Submarino

Amores, muito obrigada a vocês que insistiram para eu ler essa lindeza (acabaram com a minha vida, mas ainda amo vocês). Agora preciso de consolo… deixem uma mensagem pra mim, aqui em baixo, tá? #blogueiraSofredora

Ah, você não leu? Me conta se acabou se interessando e vai ler também. Super indico!

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

8 Comentários

  1. elza basile says:

    Mais um livro maravilhoso da CoHo…. Sua review me fez ter vontade de ler de novo… então vamos lá…. kkkkk

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Elza!
      Nossa CoHo não cansa de nos fazer feliz com histórias tão lindas mesmo. Não fala em ler de novo porque dá vontade mesmo….
      Bjos 1000!

  2. Julia says:

    Eu AMEI esse livro!!! Lembra de ler tbm o ‘encontrando Cinderela’ é um conto maravilhoso, vale a pena!! Bjuss

    • Jaque
      Jaque says:

      Julia, minha linda, sabe que eu também tenho esse, mas em inglês!? rsrsrs Bom saber que é tão maravilhoso, vou por na lista também. Obrigada!
      Bjos 1000!

  3. Sayonara Ramalho says:

    Quando li aki vc falando sobre esse livro fiquei empolgada e fui logo ler..já o tinha comigo e ainda não o tive coragem d ler..quando comeceiii…meu Deus..fiqueiii encantada..devorando cada página..e cada detalhe é surpreendente. .cativante..apaixonante..sem palavras pra descrever a ressaca literária que estouu..ameiii demais esse livro..amo demais esse blog..sempre estou por aki curiosa pra saber qual será o próximo livro que irei me apaixonar..

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Sayonara, minha flor!
      Sim! Sim! Sim! Amor eterno e ressaca literária, isso define muito bem essa lindeza de história. Quem bom que você resolveu ler e amou. Fico super feliz, de verdade. Fico mais feliz ainda em saber que você curte o nosso cantinho, muito obrigada pelo carinho. Amei sua mensagem.
      Bjos 1000!

  4. Michelly Gois says:

    Oi jaque linda, acredita que já comentei umas 3 vezes e nunca consigo finalizar o comentário sempre da erro, só estou insistindo e tentando mais uma vez pois precisava comentar já que eu fui umas das que te indicou para ler, assim que terminei de ler este livro lembro que vim correndo no blog procurar sua resenha para pode comentar e não encontrei ai pensei como assimmmmmmmm Jaqueline ainda não leu esse livro ! preciso obriga-la kkkk tipo isso ! Aqui não é a resenha de confess mas confesso que não foi com todo mundo , com vc foi em especial kkk uma exceção queria dividir apenas com vc hehe…. tive um apego tão grande com este livro e me aconteceu algo que nunca me ocorreu tenho ciumes de indicar ele kkkkkkkkkkkkkkkk será que é normal querer ele só pra mim , imagina a cena eu sentada em meu sofá agarrando ele , foi assim que fiquei apos termina a leitura me abracei com ele e foi assim que descobri que meu amor literário da vida é um ”HOPELLES 1 E O SEM ESPERANÇA QUE É NARRADO PELO PROPRIO HOLDER QUE É MAIS LINDO AINDA”, Holder não é apenas um crush literário … ele é meu amor da vida! (suspiros….e mais suspiros) Holder entrou para o topo da minha lista ! Livro maravilhoso …choreiiii litros confesso que no comelo não estava esperando muito por incrível que pareça as poucas resenhas que tinha lido dele era mais negativas do positivas, não me deixei levar pois a Coho é Coho, pensei se não for muito bom , ruim tenho certeza que não vai ser ! Cara nem sei o que falar me falta palavras… vou usar o mesmo comentário que tinha deixado pra vc falando justamente deste livro quando.

    ele estava em minha lista , só sempre enviava pro final da fila nunca me chamou a atenção só q Coho é sempre Coho acho as escrita dela sempre uma surpresa agradável me deixando com ressecas literárias de dias.

    é sensacional é um livro muito bem trabalhado , personagens originais apaixonantes tem um suspense que só a Coho conseguer fazer para nos prender que quando vemos estamos devorando as paginas, foi um livro emocionalmente dificil, mas de uma forma linda que vc chega a suspirar de tanto amor e delicadeza e tem as partes engraçadas que todas nós meninas se identificamos, o mocinho haaaaa nem sei descrever meu novo amor da vida ele é uma delicia preciso dizer que o mundo precisa de mais mocinhos literarios como ele kkk, e com uma certeza CoHo me supreendeu mais uma vez!

    Obs: O Livro narrado por ele é ainda mais apaixonante , tem como ama-lo ainda mais ???? TEMMMMM….CLARO QUE TEMMMMMMMMMM ! quero entrelaçar meu dedinho com o dele também muitoooooooo amoooorrrr ! UFFA DESABAFEI……

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Michelly, minha linda!
      To aqui gritando de emoção! Eu queria muito que uma das lindas que me indicaram o livro viessem aqui comentar. Amei demais tudo o que você falou sobre essa lindeza e super entendo e compartilho tudo mesmo. Alias, muito obrigada mesmo por ter dividido ele comigo, já que você tem cinumes dele. E o mais legal é que li mesmo imaginando suas reações, abraçando o livro, porque eu já fiz isso também. Mais vezes do que tenho orgulho em admitir…
      Também acho que Sem Esperança é ainda muito mais lindo do que esse aqui, tanto que resenhei ele pouco tempo depois. Como não amar o Holder, não é?
      Ah! Perdão pela demora pra responder, mas realmente tivemos uns problemas com a parte dos comentários, lamento que você tenha tentado postar varias vezes antes de conseguir. Ainda bem que você não desistiu, porque eu li suas palavras com muito carinho e amei demais dividir esse amor pelo livro com você.
      Muito obrigada pelo comentário tão lindo, foi um dos mais fofos que recebi.
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário