26/08/2016

[Resenha] Belgravia – Julian Fellowes

Oiii Pessoas lindas!

Assim que terminei de ler essa lindeza que é Belgravia me contorci de ansiedade pra vir contar tudo pra vocês. Que sou totalmente apaixonada por romances de época não é novidade para as minhas lindas que seguem o blog, não é?

Então foi com grande expectativa que comecei a ler essa preciosidade aqui, principalmente porque eu já estava apaixonada pela edição antes mesmo de começar a leitura. E olha, tenho que admitir que ainda estou com o coração lá na linda Belgravia. 😍

Vamos comigo conhecer um pouco da Belgrave Square de quase duzentos anos atrás? Prometo que não vou babar muito na resenha… acho que nem vai molhar vocês.

Belgravia Pt 3

Edição super caprichada da editora Intrínseca.

Descrição:

AMBIENTADA NOS ANOS 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.

Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.

No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.

Belgravia, de Julian Fellowes, é uma saga contada em 11 capítulos, publicados semanalmente em e-book, repletos de reviravoltas e sempre com um final surpreendente – uma homenagem à tradição dos folhetins emprestada agora ao livro digital.

Amores, o autor de Belgravia, Julian Fellowes, é também o criador de Downton Abbey, série que eu amo de paixão pra sempre. Já até falei sobre ela por aqui em alguns posts, então imagina minha alegria quando a linda editora Intrínseca entrou em contato perguntando se a gente tinha interesse em receber o exemplar e tals. Tipo, foi o mesmo que perguntar se o Mickey é namorado da Minnie! Sem contar que ainda veio com esse mimo lindo. Morri de amores.

A história aqui começa no que ficou conhecido como o lendário baile da duquesa de Richmond, na noite que antecede a batalha de Waterloo. Só que o foco aqui não é a batalha em si, claro, mas sim as intrigas e o conflito de interesses entre os convidados do tal baile.

Somos envolvidos logo no início por essa atmosfera mágica que cerca um acontecimento tão importante. Quando menos percebi, já estava me imaginando lá dançando no meio da nobreza. #souDessas O autor vai nos cativando pouco a pouco enquanto apresenta os personagens, mas antes do final do primeiro capítulo, eu já tinha sido fisgada.

– Lady Maria, eu enfrentaria dragões, andaria sobre carvão em brasa, entraria no Vale da Morte, se achasse que teria alguma chance de conquistar seu coração.

Um detalhe bem legal aqui é a forma com que o livro é dividido. Como é falado lá na descrição, são onze capítulos que foram escritos em homenagem ao formato de folhetim da época vitoriana. Achei o máximo, pois os capítulos fazem a gente sentir como se estivéssemos assistindo a um episódio de uma série, com uma sensação de inicio e fim. A experiencia foi nova e deliciosa pra mim.

Conforme a história avança no tempo, (uma característica que também está presente na série Downton Abbey e que eu acho incrível) vamos descobrindo as ramificações dos acontecimentos da noite do baile. O personagens vão sendo apresentados em suas novas condições e vemos como suas vidas estão, quase trinta anos após a batalha de Waterloo.

– Você deve admirar o controle dele. Pode ser uma sentença de morte para o próprio Exército, mas ele prefere se arriscar a demonstrar o menor sinal de preocupação.

Ficamos sabendo da existência de um segredo muito bem guardado por uma das famílias da trama, que implica diretamente na vida de pessoas importantes e perigosas, e esse segredo me deu frio na barriga durante a leitura. Fiquei tão envolvida com ele que chegava a me arrepiar quando os personagens projetavam o que aconteceria quando esse segredo fosse finalmente revelado. Sei que não estou contando muito pra vocês, mas é de propósito. #blogueiraMisteriosa Não quero, de forma alguma, estragar a leitura de vocês.

Belgravia Pt 1 2

Amei fotografar essa lindeza.

Apaixonei-me tanto pela forma como os personagens foram tomando forma, que foi impossível não ser tocada pelo sofrimento deles com relação as vidas que foram perdidas na guerra. Aliás, eu torcia muito mesmo para que as coisas fluíssem de uma forma que ninguém sofresse ou perdesse a “posição social” por causa de um escândalo.

– Que triste. Ouvi dizer que alguns deles morreram ainda usando os uniformes de gala do baile.

E claro que meu coração foi perdido para um dos personagens a certa altura do livro (não seria eu se não tivesse me apaixonado por alguém… e ele é tão lindo, tão apaixonado…), mas a verdade é que eu amo ler sobre a nobreza britânica como um todo. E aqui, especialmente, todos os personagens são mesmo apaixonantes, com seus títulos e sua educação extrema. Sempre tentando manter as aparências para a sociedade, escondendo seus sentimentos. E até mesmo aqueles que eu achava que seriam vilões acabaram se mostrando capazes de atos de bondade em algum ponto da história.

A narrativa também é tão delicada e fluída que o tempo passa durante a leitura sem a gente perceber. Quando me dei conta, o livro já tinha acabado, deixando aquela sensação deliciosa de quando a gente termina um livro encantada pela história. Deu pra perceber que eu amei? 😅 Não, né?

O passado é um país estrangeiro.

A história é tão Downton Abbey que eu, como super fã, não tinha como não gostar. Aliás, se você também é fã da série ou ama muito romances de época, essa leitura aqui, além de maravilhosa, é obrigatória. Temos mistério, intigas, romance e até um pouco de aventura, o que pra mim foi uma surpresa muito agradável.

Belgravia Pt 1

A editora Intrínseca tem uma página especialmente dedicada a essa linda história, clica AQUI pra conferir, vale muito a pena. Tem um vídeo do autor, gravado em Belgrave Square, mais do que apaixonante. Fiquei tão encantada que comecei até a juntar um dim dim pra ir lá! Já tenho 82 centavos! #partiuBelgravia

Belgravia

Uma história de segredos e escândalos na Londres dos anos 1840.

Julian Fellowes

Editora Intrínseca

Classificação: ★★★★☆ (4)

Amores, ficaram interessados? Tem Belgravia a venda aqui:

Livraria da Travessa  Livraria Cultura
Livraria da Folha Submarino

 

Que tal dividir comigo a sua opinião sobre romances de época? Me contem se vocês também são fãs de Downton Abbey. Amo falar com vocês, pessoas lindas.

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

8 Comentários

  1. Vitória Beatriz says:

    Eu sempre alimentei um interesse por ver “Downton Abbey”, mas nunca encontro tempo.
    Eis que eu encontro essa beleza – sim, eu julgo um livro pela capa – e me apaixonei ainda mais quando soube que era um romance de época – outra queda minha -.
    Ainda não comecei a ler, estava acabando “E o vento levou” e assim que terminei a última linha corri para procurar uma resenha sobre minha nova aquisição.

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Vitória!
      Quem nunca julgou um livro pela capa, que atire a primeira pedra! rsrsrs (eu faço direto…🙊) Faz parte da vida de leitor. Acho que quando você terminar de ler essa lindeza que é Belgravia, vai correr pra assistir Downton Abbey, mas antes volta aqui pra me contar o que você achou da leitura, tá? Amo saber!
      Adorei falar com você, obrigada.
      Bjos 1000!

  2. Maria Paula Soares says:

    Oi Jaque, tudo bem?
    Virei fã do teu blog desde quando eu achei a tua resenha pra It Ends With Us, da Colleen Hoover.
    Apaixonei por Belgravia já na sinopse do livro rsrs
    Simplesmente AMO romances de época! E tenho uma queda absurda quando existe um segredo entre personagens e que isso influencia todos ao redor… Junte os dois e dá um livro perfeito!
    Depois de ler sua resenha fiquei com mais vontade ainda de assistir Downton Abbey e começar a ler logo Belgravia.
    Obrigada pela resenha!
    Beijos!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Maria!!!(que nome lindo, é o nome da minha mamy!)
      Tudo ótimo, obrigada por perguntar, espero que esteja tudo bem com você também. Owwnnnn, já vou começar dizendo que fiquei toda boba quando li que você é fã do blog. #blogueiraTodaBoba Assim que você ler, volta pra me contar tá? Vou amar saber.
      Obrigada por me deixar essa mensagem tão linda e por seguir o nosso cantinho.
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário