04/03/2016

[Resenha] A Sereia – Kiera Cass

Oiii Pessoas lindas!

Essa semana li um livro tão fofinho, mas tão fofinho, que precisei vir correndo aqui contar para vocês. Eu já gostava do estilo de escrita da Kiera Cass (fã de A Seleção aqui!) e como me apaixonei pela capa linda, decidi ler. Amo a mitologia das sereias, então tudo conspirou a favor de A Sereia.

Vem comigo mergulhar e descobrir (e tentar sobreviver) os segredos (mas nem todos, claro…) da tão temida Água.

A Sereia Pt 1

Coisa linda de capa!

Sinopse:

Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.

Uma jovem viaja em um navio aparentemente luxuoso com sua família, no início do século, quando todos são atraídos para fora por uma musica. A menina observa, aterrorizada, todos se jogarem ao mar sorrindo e finalmente o navio afunda. Quando a menina cai na água, ela pede desesperadamente para ser salva e, milagrosamente, uma voz responde e seu pedido é atendido. Enquanto todos os tripulantes terminam de se afogar, Kahlen, a menina em questão, é recebida por outras lindas meninas que explicam a ela que a partir de agora ela seria uma sereia. Ela agora pertence a Água, e terá que cantar atraindo as pessoas para a morte e assim alimentá-la durante cem anos. Passado esse tempo, ela estará livre.

Quando não há necessidade de dormir e de comer, quando não há nada além de lágrimas vazias à espera de serem derramadas, a alma fica inquieta.

Oitenta anos depois, encontramos Kahlen convivendo com sua pena. Ela e mais duas outras sereias, que são como irmãs, vivem juntas e dividem o fardo de servir a Água. As outras meninas lidam bem com sua missão, mas Kahlen ainda sofre muito com as mortes.

Embora eu soubesse que o nosso próximo canto só seria dali a quase seis meses, lamentava como se fosse acontecer nos dia seguinte.

No meio de tudo isso, temos o relacionamento dela com a Água. Mesmo sendo um tipo de prisioneira, Kahlen ama a Água como se ela fosse sua mãe. E mais interessante ainda, a Água ama Kahlen mais do que jamais amou todas as suas outras sereias. Elas são livres para viverem suas vidas da forma que quiserem, só não podem falar perto de outros humanos, fora isso, são livres até terem que cantar novamente.

a pequena sereia cantando

A blogueira aqui é tão apaixonada pela Ariel que leu o livro cantando todas as músicas do filme. rsrsrs

É assim que vamos sendo envolvidos por essa história super fofa, amores. Primeiro entendemos como funciona o relacionamento das sereias com a Água e, mesmo tento todos os motivos para odiÁ-la, isso não é possível. A Água é uma fofa e não se comporta como a vilã que achei que ela seria.

Os livros eram um porto seguro, um mundo separado do meu. Não importava o que acontecesse naquele dia, naquele ano, sempre existia uma história de alguém que havia superado seu momento mais sombrio. Eu não estava só.

Depois tem a amizade entre as sereias. Amizade não, elas se amam como verdadeiras irmãs, o que é lindo também. Até aí tudo legal, até Kahlen conhecer o apaixonante Akinli. Eles se conhecem na universidade. Não que Kahlen seja estudante, ela ama ler e  por isso está na biblioteca quando conhece nosso herói. Ele é gentil e não parece reagir a beleza de sereia de Kahlen da mesma forma que todos os outros mortais reagem. Ah, esqueci de dizer isso né, amores? As sereias possuem uma beleza celestial e apesar de não poderem falar em publico, os humanos são naturalmente atraídos por elas.

Perdi meu coração para ele completa e instantaneamente. Akinli não sabia direito o que havia de errado comigo, e mesmo assim queria que eu ficasse.

Mas Akinli parece ver alem da beleza dela. Ele é atencioso e acha fascinante a forma com que ela se comunica com ele, mesmo sem falar. Eles desenvolvem um interesse mútuo e quando esse interesse ultrapassa a barreira da amizade, Kahlen resolve se afastar por medo do que a Água seria capaz de fazer se descobrisse. E é aí que a história começa a realmente de desenvolver.

A Sereia Pt 2

Delicia de leitura.

Bom, como sou #DisneyFreak, fiz logo associação dessa história com A Pequena Sereia, né?! E realmente tem umas semelhanças sim, para minha felicidade. Inclusive tem até uma sereia ruiva no início… O romance que se desenvolve aqui é super delicado e uma delicia de acompanhar. Eu fiquei com medo o tempo todo pensando no que a Água faria se soubesse do relacionamento entre eles, pois Ela é extremamente possessiva, ainda mais com Kahlen. Se você é fã da série A Seleção, vai se apaixonar por essa história super fofa também.

A Sereia

Kiera Cass

Editora Seguinte

Classificação: ★★★☆☆ (3/5)

Você encontra A Sereia em promoção aqui:

Livraria da Travessa supermercado extra Livraria Cultura
Livraria da Folha Submarino

Amores, a gente pode falar em público, diferente das sereias, então fala comigo aqui em baixo! Amo falar com vocês.

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

2 Comentários

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Renata!
      Amo a série A Seleção. Só não li ainda o quarto livro, A Herdeira, mas já comprei também. To esperando sair The Crown pra ler logo os dois juntos. Acho que você vai gostar.
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário